Metas para 2018

2018 chegou e com ele um ano novinho com 365 dias ou melhor oportunidades para você alcançar aquelas metas tão almejadas por anos e anos.
Eu era do tipo de pessoa que tinha sérias dificuldades em cumprir metas, na real ainda sou um pouco, mas mudei para caramba, eu era daquele tipo de pessoa que não acreditava no meu potencial e que me desesperava quando algo não dava certo(eu me desespero bastante ainda).

O fato é que precisamos aprender que o tempo pode ser nosso melhor amigo e não achar que ele está sempre contra nós, a maioria das pessoas diz que nunca tem tempo para nada, mas você já parou para se perguntar o que você realmente faz desde a hora que acorda até a hora em que coloca a cabeça no travesseiro para realmente descansar? O tempo é algo precioso e se você gasta ele sentado no sofá assistindo TV meu amigo eu tenho uma péssima notícia para você…não saber aproveitar o tempo é um dos grandes problemas da sociedade atual, vivemos correndo contra ele e não com ele.
Por isso as metas entram em nossa vida como uma forma de incentivo, se você já falou em traçar e comprimir metas sabe o quanto é difícil principalmente quando essas metas dizem respeito a você, geralmente começamos muito bem, mas logo deixamos tudo de lado seja pela rotina ou pela simples falta de organização no seu tempo.

Eu me vi em um momento da vida como um robô, eu chegava do trabalho me sentava no sofá, ligava a TV, pegava meu celular e dali eu não saia até a hora de dormir(aquele exemplo acima era o meu) eu estava sem perspectiva, mas eu precisa mudar e sabia que aquela situação em que eu me encontrava só ia mudar se partisse de mim, ninguém podia fazer nada eu tinha que tomar as rédeas e acordar para vida.
Eu sabia que precisava aprender a dividir meu tempo e criar algumas metas começou a se tornar essencial. As palavras meta, objetivo e propósito são praticamente trigêmeas aos poucos elas vem fazendo cada vez mais parte da minha vida, no trabalho, em casa e claro no blog.

Se você acha que pode ser difícil começar eu vou te dar algumas dicas que me ajudaram muito.

1)Trace metas

Podem ser poucas para começar e na medida em que você for realizando coloque mais algumas e seja persistente, já te aviso que não vai ser fácil.
Tente começar por coisas simples e que sejam mais fáceis para que você não desanime logo de cara.
Como por exemplo: Tomar dois litros de água por dia, ou ler um livro por mês.
A medida que for aumentando o numero de metas o grau de “dificuldade também aumenta.
Com por exemplo: Fazer uma viajem, ou aprender um novo idioma e por aí vai.

2)Coloque tudo no papel

Se você quer ser uma pessoa organizada precisa anotar, seja em uma agenda, uma planilha de excel o que for melhor para você.

3)Seja focado

Suas metas dependem de você, foque no que é preciso fazer desconecte-se de tudo se for possível.
A internet é uma grande dispersão e caso não tenha jeito e você precise dela faça o que tem que ser feito para que seu tempo possa render e não te atrapalhar nas suas demais atividades.

As metas são para te auxiliar, te tornar uma pessoa mais organizada, mais útil, fazer com que você aproveite o seu tempo de uma maneira mais inteligente elas não foram feitas para te enlouquecer.
A partir do momento que você pegar o ritmo tudo vai acontecer de forma mais leve, sair da zona de conforto nem sempre é fácil, mas vale a pena no fim tudo acaba virando hobby.

Termino esse post com uma frase de um escritor que admiro muito: “Sonhe, trace metas, estabeleça prioridades e corra riscos para executar seus sonhos.”
Augusto Cury.

Beijinhos da intrometida e até a próxima.

Playlist de janeiro.

Janeiro é um daqueles meses que lembram férias, não necessariamente as férias vem, mas que lembra aaaah isso lembra.
Férias lembra música que por sua vez me lembra playlist, como já faz um tempinho que eu não fazia esse tipo de post(na verdade nenhum tipo né) achei que o primeiro post de 2018 poderia ser as músicas que mais estou ouvindo, até porque não tem graça se viciar sozinha, eu tenho que viciar vocês também.
Então borá se intrometer comigo que a playlist está da hora.

1) Sigma – Find Me ft. Birdy
Que música é essa Brasillllll eu estou viciada nela por um dos melhores acasos acabei chegando nessa música porque vi a Millie Bobby Brown no clip, ela é de 2016 e até então eu nunca tinha ouvindo, sem contar que a Millie está fantástica no clip, que expressão, que olhar. #Maravilhosa.

2) Portugal. The Man – “Feel It Still”
Essa música eu tenho ouvido muito, gosto dessa pegada de rock psicodélico, “moderninho” e gostei muito de como a banda brinca com os instrumentos principalmente nessa música.

3) J Balvin, Willy William – Mi Gente
Você começa a ouvir e quando vê já está lá balançando a cabeça, sério eu não tenho maturidade para ouvir essa música sem querer rebolar, remexer, quicar (ou apenas se balançar).
Outra coisa que eu achei um máximo nesse clipe foi a diversidade de pessoas de certa forma você acaba se identificando.

4) Axwell Λ Ingrosso – More Than You Know
A música é bem loca assim como a garota do clipe, mas a batida é muito boa e como eu estou ouvindo ela quase todo santo dia não podia ficar fora da playlist.

5) SOFI TUKKER Best Friend feat NERVO, The Knocks & Alisa Ueno
EU AMEI ESSA MÚSICA ELA É MUITOOOO FODAAAAAAAA.

6) DJ Snake, Lauv – A Different Way
E finalizando a playlist de hoje com aquela musica para chamar de sua, ela é linda e eu estou apaixonada.

Essas foram as escolhidas para a playlist de janeiro espero que tenham gostado da seleção.
Beijinhos da intrometida e até a próxima.

Corrente de óculos.

É por isso que eu sou apaixonada pela moda e suas tendências que vão e voltam o tempo todo o post de hoje vem resgatando algo que já fez muito sucesso nos anos 80 e 90, sabe aquela cordinha que nossas avós tinham nos óculos para não deixar cair ou esquecer em algum lugar? Pois bem elas estão de volta totalmente repaginas, moderninhas e prometem ser o “must have” da estação.

Esse novo acessório passou de uma simples cordinha e virou o queridinho das fashionistas o Glass Chain chega nas versões mais variadas, diferentes e ousadas como acrílico, miçangas, com cores chamativas ou mais discretinhos e para quem curtiu a tendência, mas acha muita extravagância esses penduricalhos pode optar pelas correntinhas mais fininhas, metálicas ou outros matérias como tecido.

Eu obviamente  amei ideia e achei uma forma de ousar no look e deixar ele com uma pegada bem estilosa, sem dúvida vamos ver muito esse acessório nesse verão.

São tantos modelos variados que eu acho impossível alguém não conseguir se identificar com nenhum e é uma ótima oportunidade para soltar a imaginação e tentar fazer o seu próprio glass chain(porque uma cordinha é uma cordinha né mores).
Mas se você está sem muita inspiração a intrometida separou algumas peças babadeiras que vão fazer seus olhinhos brilharem.
1
4
page E se acha que essa moda é só para as garotas, eeeerrrrrroooouuu os boys também já se familiarizaram com as cordinhas.
2 E aí gostaram dessa tendência? Usariam? Me conta aqui no blog.

Por hoje é isso…
Beijinhos da intrometida e até a próxima.