Categoria: Pensando

Adeus ano velho.

dsc_0270 Esse é o ultimo post de 2016 e nada melhor que uma retrospectiva para encerrar com chave de ouro, geralmente a gente começa a se deparar(ou se desesperar kkkk) que já se foi mais um ano quando chega dezembro, me lembro de quando era criança e dezembro demorava um século para chegar e hoje mal podemos piscar que um novo ano já se aproxima.
Com a correria do dia a dia acabamos deixando passar despercebido tantas coisas, tantos momentos que só paramos para por a mão na consciência em dezembro, sem dúvida esse é o mês das reflexões(pelo menos para mim kkkkkk).
Esse ano foi uma loucura, tive tantos altos e baixos, mas creio eu que foram mais altos(só acho), tantas coisas aconteceram em mim e ao meu redor, aprendi tantas coisas, conheci tantas pessoas e acredito ter me conhecido melhor também, fiz coisas que nunca imaginei fazer e amei, amei tanto de uma forma que mal cabia em mim e descobri que quanto mais você ama, mas você tem amor para dar e tudo fica cada vez melhor.
dsc_0301 Tive tanta coragem para fazer meus sonhos se tornarem realidade, meu blog foi uma das minhas maiores realizações, nunca imaginei que pudesse chegar à dimensão que chegou, com um publico incrível que lê as postagens, manda sugestões, deixa comentários e participa de uma forma tão positiva que faz com que eu queira continuar e queira me dedicar cada vez mais.
dsc_0350 Meu noivo, meu incentivador, a pessoa que eu quero passar o resto da minha vida, um cara tão maravilhoso, tão dedicado que vendo o quanto o blog me fazia bem e feliz começou a me ajudar da maneira que podia, virou até meu fotógrafo nas horas vagas, sempre ao meu lado não deixou que eu pensasse em desistir nem por um momento e foi ele que me ajudou a mudar tanta coisa em mim e me mostrou que eu tinha sim talento e NUNCA DEVIA LIGAR PARA OPINIÃO NEGATIVA DOS OUTROS.
dsc_0328
Ainda sobre coragem esse ano ela veio com força na minha vida, dei uma basta em tantas coisas que me faziam mal para deixar novas portas e janelas se abrirem, novas oportunidades, novos destinos, novos desafios e eu achei um máximo.
Esse ano aprendi muito, abri minha mente e percebi que o ser vale muito mais que o ter, ser feliz, ser gentil, ser saudável, ser eu mesma do meu jeito da minha maneira com a minhas formas(cabelo, corpo, estilo e etc..) essa parte da minha vida posso chamar de libertação.
dsc_0349 Tive a oportunidade de ser fotografada por uma linda que fez fotos lindas e obvio que não podia faltar aquele post lindo falando do trabalho da Gabriela Langer Fotografia que é super diferente, original e lindoooo(desculpa mas não consigo outro adjetivo para expressar, ou melhor até tenho AMOOOOR esse ensaio foi puro AMOOOR).
Na minha opinião esse ano passou voando, foi intenso, cheio se surpresas, acontecimentos e realizações, porém ele não acabou ainda falta alguns dias e vamos aproveitar da melhor maneira possível sendo muito feliz e tendo a certeza que 2017 será MUITOOOO MELHOOOOR.
dsc_0391
Beijinhos da intrometida e até 2017.

Filmes para assistir no Halloween

Olá amores tudo certo por ai?

O halloween está chegando e se você ainda não sabe o que fazer calma que a intrometida aqui separou alguns filmes para você assistir com sua família, amigos ou sozinho(porque não né).
Porém a idéia aqui é um pouquinho diferente daquela coisa sangrenta e aterrorizantes, ninguém vai ficar ser dormir nem nada do tipo porque a playlist de hoje é só de filmes de comedia e um “tantinho” clássico assim(essa era uma parte que vocês ainda não conheciam de mim hahahhaha). Gostou? Então prepara a pipoca e vem se intrometer comigo.

1) Abracadabra (1993)
Um clássico da Disney e da sessão da tarde não poderia faltar, mas calma que vem muito outros ainda, esse filme cujo título original é “Hocus Pocus” conta a história de três bruxas que voltam a vida após 300 anos após sua morte graças a um ritual realizado no Dia das Bruxas. Um ótimo filme para quem quer curtir a noite de halloween bem de boa.
Imagem de Amostra do You Tube

2) As Bruxas de Eastwick (1987)
Não, eu não estava nascida nessa época porém eu sou apaixonada por filmes antigos eu não consigo explicar o que acontece.
Mais um dos meus filmes preferidos, As Bruxas de Eastwick é um comédia de humor negro e um elenco maravilhoso. Vale muito a pena pra ver Cher, Michelle Pfifer e Suzan Sarandon enfrentando Jack Nicholson no “comecinho” de suas carreiras.
Imagem de Amostra do You Tube

3) Da magia a sedução (1990)
Esse filme é tão lindo uma mistura de comedia, romance que fala sobre a forte ligação que une duas irmãs, já perdi as contas de quantas vezes eu vi ele Sandra Bullock e Nicole Kidman estão lacradoras nesse filme.
Essas duas se meteram em uma bela enrascada com direito a morto que morre e vive e morre e vive novamente, um homem perfeito as duas menininhas fofas que são as filhas Sally e claro muita magia e sedução. Assista, você não vão se arrepender.
Imagem de Amostra do You Tube

4) Harry Potter
Ooooobvio que não podia faltar Harry Potter siiiim, mas tem que ser maratona e ver tooodos, aqui em casa ninguém mais vê Harry Potter comigo dizem que eu sou chata(não me vejo assim eu só gosto tanto que fico falando as falas junto com os personagens acho super normal kkk)
Acho que esse nem precisa de sinopse até porque “Esse menino será famoso, não haverá uma criança em nosso mundo que não saberá seu nome!”.
Imagem de Amostra do You Tube

5) Elvira – A Rainha das Trevas (1988)
E para fechar com chave de outro a bruxa mais sexy de todos os tempos, quem nunca viu esse filme né, pois aqui está ele para finalizar a nossa play list maluca com filmes “super novos” rsrs.
A história é mais ou menos assim Elvira herda uma velha mansão de sua tia Morgana, mas o sonho dela é vendar a casa e ir para Las Vegas, mas encontra alguns problemas o primeiro é que os moradores da cidade não estão acostumados com aquele estilo toda gótica suave de Elvira outro problema é que alguém está de olho em um livro que a bruxa também herdou.
Assistam para matar a saudade e quem não viu nem preciso dizer nada né?!
Imagem de Amostra do You Tube

Espero que tenham gostado dessas dicas e não deixem de me contar qual o seu filme de halloween favorito.

Beijinhos da intrometida e até a próxima.

Seja o seu tipo de bonito!

d0a20d1d56c7a4e12eddcf97437cb9cd
Olá meus amores, tudo booom?

Eu sempre quis falar sobre autoestima e a aceitação do corpo aqui no blog, porém eu não me via preparada para isso (não que eu esteja agora kkkkk), simplesmente porque eu sempre tive problemas com aceitação do meu corpo e uma baixa autoestima, então era e é muito difícil falar sobre uma das minhas maiores se não dizer a maior das minhas inseguranças que seria minha aparência que nada me agradava digo agradava(no passado) pois hoje posse dizer que estou “menos pior” a cada dia eu tento vencer isso em mim, até porque você é o único que pode realmente se ajudar e transformar sua vida.
Eu sempre sofri muito com o meu peso sempre fui uma criança gordinha, cresci e continuei sendo gordinha(era aquele efeito sanfona), mas nunca tive um corpo magro, você deve estar me achando loca, mas eu posso dizer que nem sempre fui assim magra(para falar a verdade é a primeira vez que me vejo tão magra assim e eu nem sou tão magra assim sou “normalzinha”), hoje finalmente vou me expor na internet(rsrsrs) e compartilhar isso com vocês espero de coração que esse meu desabafo ajude pessoas na mesma situação ao qual eu me encontrei a alguns anos atrás, sim quem me vê hoje nem imagina no que eu me submeti para entrar no famoso padrão de beleza e ser aceita pela sociedade.
Tudo começou na infância como eu já citei sempre fui uma criança gordinha daquele tipo de ter que fazer dieta porque tinha grandes chances de se tornar um adulto acima do peso(e a minha genética super influenciava para isso, já que minha família é um pouco forte eu diria) até então era de boa era criança “tava nem ai” e comia mesmo, foi então que eu fui apresentada a primeira forma de preconceito, já na escola sofri vários tipo de bullying(na minha época não se chamava assim, na minha época era brincadeira de “coleguinha”) ainda quando penso nisso e falo me machuca muito principalmente por saber que existem milhares de pessoas que ainda sofrem esse tipo de situação.
Eu era apenas uma criança não entendia isso, comecei a crescer(de mentalidade a altura nunca foi meu forte) e esse tipo de “brincadeira” continuava eu já tive meu cabelo cortado, já fui jogada dentro de uma lixeira(siiim isso já aconteceu) e etc. eu simplesmente odiava a escola eu só queria me encaixar de certa forma, esse episodio foi se repetindo até meus 13 anos até que quando eu completei 14 eu acabei ficando longe de casa(fui estudar) eu fiquei um ano longe de casa a saudade e a ansiedade eram muita e eu acabava descontando na comida toda aquela angustia acabei engordando mais de 12kg, mas sabem o que era mais interessante nessa historia eu não ligava nunca tinha parado para pensar que minhas roupas não entravam mais e ninguém me julgava eu usava roupas largas e era muito feliz do jeito que eu era.
Algumas fatalidades aconteceram na minha vida e me fizeram voltar para casa e quando eu cheguei vi o olhar estranho das pessoas que bom se ficasse só no olhar, mais não elas falavam coisas do tipo: “Nossa como você está gordaaa” ou “Ela engordou muito né, ela está com alguma doença que engorda?” e disso para pior e eu uma adolescente de 15 anos me via a coisa mais horrenda do mundo, comecei a notar o que eu até então não dava importância eu estava gorda, as roupas da minha mãe não cabiam em mim e como voltar para escola(aquele inferno) e ter que começar tudo de novo, eu estava perdida, mas minha família disse que me ajudaria foi ai que eu comecei ir para academia, porém não estava dando resultado e eu engordava mais ainda a única coisa que eu não percebia é que eu era linda, era o meu tipo de bonita e eu não enxergava isso, pois queria ser como a sociedade queria que eu fosse MAGRAAAA.
Não via resultados na academia, então comecei a não ir mais e parei de comer, comia uma miséria só para minha família não desconfiar e eu estava conseguindo finalmente meu objetivo de ser magra, ainda não estava bom eu me olhava no espelho e ainda me via gorda então eu fui mais drástica comecei a beber só água e comia só quando alguém estava por perto, minha família começou a perceber que alguma coisa estava errada, sim estava eu me tornei anoréxica estava pesando 40kg meu cabelo caia sem parar, a pele ficou horrível eu estava fraca e minhas pernas travavam para andar(a sensação é como se por alguns minutos eu esquece como se andava), minha família foi minha salvação se eu continuasse assim não sei se estaria aqui para contar isso para vocês.
Mas uma vez sofri, pois as mesmas pessoas que me olhavam estranho por eu estar “gorda” me olhavam por achar que eu estava com uma doença terminal.
Minha família ficava em cima de mim e para conseguir voltar a comer foi um trabalho enorme eu fiquei dos 15 aos 17 anos me recuperando da anorexia, porém meu corpo e organismo tinham ficado muito debilitados e até hoje sinto o peso de ter feito isso comigo, eu só queria ter a cabeça de hoje naquela época e ter dito um FODA-SE para essa sociedade que adora impor padrões de beleza que são praticamente inexistentes, ninguém é perfeito e PORRA é isso que nos torna tão especiais e lindos.
Eu fico tão triste quando vejo pessoas sendo julgadas por seus estilos, seus corpos, seus cabelos essa dor dói em mim na minha alma, só quem já sofreu o desprezo de uma sociedade sem coração sabe o quando é triste tentar se achar se encontrar e mesmo assim continuar perdido.
Hoje eu melhoro cada vez mais, me olho no espelho e me sinto linda(claro todos temos nossos altos e baixos)mas hoje eu não fico mais triste por conta do que os outros vão achar, quando você foca demais nos outros você esquece de você, não faça isso não perca seu precioso tempo com gente MAL AMADA, se você quer emagrecer faça por você, pela sua saúde, seu bem estar(nada de dietas malucas e ficar sem comer hen olhem o meu triste exemplo), se você se acha muito magra e não gosta de ser assim procure um profissional(mas por você, não pelos outros), se aceite do jeito que você é baixo, alto, magrinho, gordinho, com cabelo cacheado, liso, cumprido, curto, colorido ou natural e se quiser mudar mude por você…SEJA VOCÊ É O SEU TIPO DE BONITO e não deixe que ninguém diga ao contrario ame quem ama você, seja amado viva a vida aaaah e que se FODA os outros.

Espero que vocês tenham gostado desse desabafo da intrometida e não esqueçam a qualquer sinal de sociedade preconceituosa chute o pau da barraca e fale a palavra mágica…FODA-SE.

Beijinhos da intrometida nada fofa e meiga e até a próxima.

elash_hs1_e1