Categoria: Pensando

Playlist de maio

Olá amores tudo certo?

Quem ai gosta de uma boa música? Pois é eu também sou viciada, confesso que me concentro e me inspiro melhor(quem nunca né), sem contar que uma boa música melhora seu astral e faz seu dia ficar mais leve.
Se você também é do tipo de pessoa que ouvi a mesma música até enjoar eu tenho uma ótima noticia para te dar, esse post é para VOCÊ.
Então vem conferir a playlist que eu separei, tem muuuuuuuitaaa música boa.

1) Red Hot Chili Peppers – Dark Necessities
Obviamente não poderia faltar Red Hot nessa playlist essa música que eu estou viciada é o primeiro single do novo disco “The Getaway”. Eu sou super fã desses californianos e por esse motivo ela é a primeirinha da lista.
Imagem de Amostra do You Tube

2) Jennifer Lopez – Ain’t Your Mama
“Você precisa se rebelar” diz a diva, maravilhosa Jennifer Lopez nessa música mega feminista e com uma batida incrível, perdi as contas de quantas vezes vi e ouvi.
Imagem de Amostra do You Tube

3) Sia – Cheap Thrills
Na minha opinião Sia é uma das melhores cantoras da atualidade, seu trabalho é diferente e original, sem falar dos clipes impactantes que ela faz e todos com uma mensagem de reflexão. Vai que é tua Sia.
Imagem de Amostra do You Tube

4)Rihanna – Work
Rihanna quando fez essa música queria ver todo mundo viciado e rebolando, porque sinceramente não tem como ouvir ela e não sair rebolando por ai, #fato.
Imagem de Amostra do You Tube

5)Fifth Harmony – Work from Home
Para resumir quando ouvi o refrão “Work, work, work…” me lembrou o “work” da Rihanna e o resto você já pode imaginar, não sai mais da minha cabeça.
Imagem de Amostra do You Tube

6)Meghan Trainor – NO
O que é esta música? Como lidar? Meghan começa com um estilo romântico e de repente paaaah me deparo com um “No,no,no” amo esses músicas feministas que fazem as mulheres se verem do jeito que realmente são…PODEROSAS. Abalo gata.
Imagem de Amostra do You Tube

Espero que tenham gostado, essas foram as músicas que eu mais ouvi em maio e possivelmente continuarei ouvindo(Até que eu me canse)!
Beijinhos da intrometida e até a próxima.

elash_hs1_e1

Apenas cansei.

tumblr_ljz0dxW6Vx1qh49gio1_500

Olá amores, hoje tem desabafo por aqui.

Pensei muito se postaria esse texto ou não, porém assim como eu acredito que muitas pessoas passaram, passam ou vão passar por alguma situação parecida, então quero compartilhar com vocês minha experiência.
Muitas vezes em nossa vida é preciso saber à hora de parar, saber quando algo está te prejudicando isso em todos os sentidos (relacionamento, trabalho e vida em geral) eu demorei muito, mas acabei aprendendo que nada vale seu sono ou sua saúde e minha hora de dizer um basta havia chego, confesso que demorei muito para tomar essa decisão foi muito difícil, eu pensei, chorei, lutei contra meu psicológico (já abalado confesso) até que me vi sem saída, triste, esgotada, onde só o fato de acordar pela manhã já me dava um aperto no peito, uma dor na boca do estomago e uma vontade enorme de chorar, já não conseguia comer, por fim eu me vi doente.
Isso não era normal o nome disso era cansaço eu cansei de ver as coisas erradas falar e não ser ouvida acredito na igualdade onde todos devem ser tratados da mesma maneira, cansei de tentar dar o melhor de mim e não ser reconhecida, de ser tratada mal e chegar ao ponto de perder meu amor próprio, isso jamais devemos aceitar, ninguém tem o direito de diminuir ou menosprezar o outro.
Aquele grito de liberdade não cabia mais em mim e foi então que eu disse chega, não quero mais, não consigo. No começo me senti lixo, fraca, covarde por estar desistindo, porem minha mãe sempre diz: “Filha se portas se fecharem não ligue, muitas janelas irão se abrir. Confie!”.
E nessa mesma confiança eu já não me sentia mais fraca ou covarde, pelo contrario me sentia leve, feliz e tranquila finalmente eu fechei a porta que tanto me fazia mal para assim deixar as janelas se abrirem.
Estou muito feliz, acredito que esse tenha sido o passo mais difícil ate agora para mim, contudo foi o mais libertador, que venham novas oportunidades, e muitos motivos para ser feliz e fazer feliz as pessoas que me amam e que estão ao meu lado, dessa experiência levo boas lembranças e amigos verdadeiros. Quanto às próximas tenho fé que serão muito melhores.

E se você também está passando por isso não esqueça de fechar essa porta e abrir as janelas que estão esperando por você, isso faz muito bem para alma.
Beijinhos da intrometida e até a próxima.

elash_hs1_e1

[Resenha] Como eu era antes de você.

livro

Essa resenha NÃO contem spoilers!(Prometo)

Feriadinho chegando e acredito que você assim como eu deve estar ansiosa por esse descanso em plena quinta.
Que tal combinar esse feriado com uma ótima leitura? Hoje a intrometida vem te dar uma dica de um livro que não tem como deixar de ler e se apaixonar por cada pagina é o: Como eu era antes de você, já faz um tempinho que li o livro, mas como teremos o filme este ano estreando nas telinhas dos cinemas, achei que seria bacana resenhar o livro para vocês! Então vem se intrometer comigo…

Bom o livro conta a história da Louisa Clark – mais conhecida como Lou -, uma garota de 26 anos, que se vê desempregada, morando com os pais, sem perspectivas quanto ao futuro e em um relacionamento instável. Depois de uma revira volta à única opção de trabalho que ela encontra na sua cidadezinha é como cuidadora de Will, um homem de 35 anos que, após um acidente, ficou tetraplégico. Como o salário é bom – já que a família de Will é rica e ninguém consegue lidar com seu jeito gênio forte digamos assim, Lou acaba aceitando. Para ela, trabalhar na casa dos Traynor é um enorme desafio. Primeiro, por ser um emprego diferente de qualquer outro que ela já teve, mas principalmente porque Will é uma pessoa muito difícil: chato, mau humorado, sarcástico e amargo.

Eu juro para vocês que quando li a sinopse do livro (sim eu faço isso às vezes, quem nunca né) eu achei que seria clichê, aquelas historias que já estamos cansadas do tipo eles se conhecem se apaixonam e vivem felizes para sempre,  porem mesmo assim decidi ler e não parei enquanto não devorei as 318 paginas, como eu fui surpreendida o livro é muito mais que uma historinha romântica, traz assuntos como depressão, abuso, relacionamentos familiares.

E o que eu mais me encantei foi como Jojo conseguiu explorar bem as personalidades de Will e Lou que são duas pessoas totalmente opostas: de um lado, um homem que sempre amou se aventurar e de repente se vê confinado em uma cadeira de rodas, dependendo dos outros. Do outro uma mulher jovem e saudável, mas que é acomodada com a vida que leva, não sabe como aproveitar a vida e não tem nenhuma ambição.

Esse foi um dos livros que eu mais amei, amei a escrita da Jojo e amei o enredo (com excessão de algumas coisinhas, que eu não contarei, pois prometi não ter spoilers).
É uma leitura de entendimento fácil e que flui muito bem! A Lou é uma protagonista que consegue entrar na sua vida e você acaba se vendo muito parecida com ela em alguns aspectos é engraçada e fácil de amar. O Will é aquele personagem que a gente quer descobrir e entender cada vez mais, o que torna difícil não devorar o livro em um dia.

E depois de ler como eu era antes de você estou loca para ler a continuação que chama “Depois de Você” ai eu volto aqui e conto para vocês.

OBS: Estou muuuuuuito curiosa e animada para ver logo o filme, pois o trailer é muito parecido com o que imaginei (quero logo).

Gostou da dica, já leu o livro? Me conta aqui no blog.
Beijinhos da intrometida e até a próxima.
elash_hs1_e1