Passei um final de semana em Pomerode a cidade mais alemã do Brasil, sabe aquelas cidadezinhas fofas que da vontade de guardar no bolso, pois é Pomerode é uma delas, acolhedora, simpática e charmosa é com essas três palavras que consigo resumir um pouquinho desse lugar que já quero chamar de meu.

Pomerode fica situada no Vale do Itajaí, a cerca de 30 km de Blumenau com uma população 32.334 habitantes o mais legal foi saber que o alemão é o segundo idioma ensinado na escola isso faz com que a herança germânica não se perca com o passar dos anos.
O que nos levou a visitar a cidade foi o zoológico que é uma das maiores atrações de Pomerode, ele foi fundado em 1932 e foi o primeiro da região sul do Brasil, hoje é o maior de Santa Catarina.

Atualmente no zoológico vivem aproximadamente 1.150,00 animais que pertencem a 270 espécies. Eu sempre tive um certo “preconceito” com zoológicos, porque na minha ideia esses animais estavam sendo privados de morar no seu habitat natural e sendo obrigados a viver trancados, porém conhecendo um pouco mais da história vi que eles fazem um trabalho muito bacana e que algumas espécies que vivem ali infelizmente estão correndo risco de extinção, então o Zoo tenta fazer a reprodução dessas espécies. (sabemos que nem todos os zoológicos tem esse pensamento e esse cuidado e isso me deixa muito triste, por saber que muitos animais não são tratos de forma adequada e sim apenas com um objeto para exposição).


Pomerode é a cidade com a maior concentração de construções no estilo enxaimel o que faz com que se pareça tanto com a Alemanha.
Um dos passeios que podem ser feitos é a Rota do Enxaimel que são 16Km por estrada de chão, porém de fácil acesso, lá é possível ver paisagens lindas e as casas construídas no período da imigração.

Pomerode tem muitas atrações entra elas os museus, tivemos a oportunidade de conhecer a casa do escultor, como o próprio nome já diz é realmente uma casa que for aberta para visitação lá é possível encontrar obras de Teichmann esculpidas em madeira com muita perfeição, quem te acompanha e te explica todas as obras é seu filho um senhor muito simpático e atencioso.
A Cidade também conta com seus famosos artesanatos, porcelanas, decorações e produtos têxteis.
Acho que um fim de semana é pouco para conhecer esse lugar tão encantador eu não vejo a hora de voltar…espero que seja logo.

Esse foi o post de hoje espero que tenham gostado e não deixem de compartilhar aqui se você já foi ou gostaria de conhecer Pomerode.
Beijinhos da intrometida e até a próxima.